Com produção de energia, empresa guarulhense pretende deixar de emitir 4 toneladas de CO²/ano

Consumo: A empresa tem como meta atingir até o mês de dezembro 60% do consumo de energia

Empresa especializada em soluções de impressão e digitalização, a Reis Office apresentou na manhã desta terça-feira (7), seu sistema de autoprodução de energia elétrica. Com a iniciativa, ela pretende deixar de emitir cerca de 4 toneladas de CO² anualmente, além de economizar 20% do atual consumo deste insumo mensalmente.

Entretanto, a empresa tem como meta atingir até o mês de dezembro deste ano 60% do consumo de energia. Esta economia é proporcionada, atualmente, pela captação de energia solar por meio de 78 placas. A redução no consumo é revertida em desconto pela concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica nas variadas formas indicadas pelo consumidor.

“Nossa estratégia de investimento em energia renovável se baseia no conceito de sermos uma empresa responsável com o meio ambiente. O retorno sobre o investimento tem previsão que seja para mais de sete anos, mas nosso objetivo é mostrar o pioneirismo não apenas em soluções de impressão de documentos, mas também em soluções para preservação ambiental”, explicou José Martinho Reis, presidente da Reis Office.

Iniciada em 9 de fevereiro, a instalação foi concluída e começa a operar a partir do dia 21, o que torna a Reis Office pioneira em mais de 25 cidades do estado de São Paulo neste tipo de projeto, segundo o cadastro da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A empresa apresentou o projeto ao prefeito Guti (PSB).

Reportagem: Antônio Boaventura
Foto: Ivanildo Porto

1 Comentário neste post

  1. Parabéns p a empresa ,sempre pensando em ajudar o melhor p o meio ambiente e nos ajudar como economizar energia sem prejudicar o meio ambiente???

    Responder

Deixe seu Comentário