Câmara deve votar nesta quinta a nova estrutura da Prefeitura

Segundo o projeto, serão extintas 12 pastas

O prefeito Guti (PSB) enviou à Câmara Municipal na última terça-feira (21) proposta para avaliação dos 34 vereadores da nova estrutura da Prefeitura. Entre secretarias e coordenadorias, segundo o projeto de lei, serão extintas 12 pastas. No entanto, a sugestão prevê a criação da Secretaria de Assuntos Difusos.

A nova secretaria terá a missão de tratar das questões sociais em que estão inseridos nichos da sociedade como o grupo LGBT e outros. Entretanto, não existe a definição de como será a composição dos cargos das respectivas secretarias e coordenadorias.

Nesta nova composição, as secretarias de Cultura e Esporte perderam seus status. Na conjuntura atual, as mesmas foram incorporadas pela Secretaria de Educação, que passou a ser denominada de Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. Outras pastas como Assuntos Legislativos e Comunicação também deixaram esta condição.

Entre as 11 coordenadorias mantidas, apenas o Procon, que passa a ser identificado como de Proteção e Defesa do Consumidor e Defesa Civil permanecem como coordenadorias. De acordo com a proposta, o governo municipal será composta por 18 secretarias e outras duas coordenadorias. Esta medida foi anunciada e colocada em prática pelo chefe do Executivo desde o seu primeiro dia no comando da administração municipal.

Reportagem: Antônio Boaventura
Foto: Ivanildo Porto

Deixe seu Comentário