Operação reúne mais de mil policiais no combate ao crime em Guarulhos

Segurança: A Operação Força Total III mobilizou até o helicóptero Águia da Polícia Militar, cães farejadores e cavalos, balanço total será divulgado na manhã desta sexta-feira

Nesta quinta-feira (23), Guarulhos foi palco da Operação Força Total III, com o objetivo de combater a criminalidade, fiscalizar delitos como tráfico de drogas, capturar procurados da Justiça, conter o roubo de carga, entre outros crimes. A operação contou com a participação de 1.009 agentes, 366 viaturas, um helicóptero, 12 cavalos, 24 cães. Participaram da ação a Polícia Militar (Rota, Choque e Rocam), Polícia Civil, Receita Federal, Guarda Civil Municipal, Secretaria de Transportes e Trânsito (STT), Guarda Ambiental, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e fiscais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU).

As operações foram baseadas em áreas de maior índice de criminalidade, com o objetivo da integração de todas as forças de segurança, além do poder público municipal. “Todos os bairros críticos tiveram ações especificas em uma grande ação em busca da segurança para a cidade de Guarulhos”, afirmou o major PM Jackson Dorta.

Entre as regiões mais afetadas pela criminalidade, estão o Jardim Marilena, com operações da Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) – grupo de elite da PM paulista, e a favela São Rafael, com intervenção da Força Tática. Já a Polícia Rodoviária Federal, atuou no combate da receptação de cargas roubadas. A SDU realizou fiscalizações nas questões de condições de funcionamento dos estabelecimentos.

Segundo o secretário municipal de Segurança Pública, Gilvan Passos, além da integração das forças, outro detalhe para comemorar a operação é o suporte da Base Aérea. “É uma alegria muito grande a Base Aérea abrir essa porta para a operação, foram dois meses de preparação, e a segurança pública de Guarulhos não irá tolerar mais essa situação de criminalidade no município”, afirmou Passos.
Essa é a primeira operação com todas as forças na cidade, que deverá ser realizada uma vez por ano, de acordo com o major Dorta. “É a primeira vez que ocorre essa operação na cidade, e nossa expectativa, após algumas reuniões, é manter uma operação por ano”.

As equipes da Força Tática atuaram em operações especificas na busca de 52 procurados pela Justiça, com endereços de locais de trabalho e residência. A Polícia Federal realizou uma ação com cães farejadores às 16h no Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos, em Cumbica, em busca de apreensões de drogas, e a Ronda Ostensiva com Apoio a Motocicletas (ROCAM), que participou na abordagem de motos nos bairros da cidade.

Ações da Operação Força Total III

Polícia Federal
A PF prendeu na tarde desta quinta-feira (23), uma funcionária da limpeza de uma empresa terceirizada no Aeroporto Internacional de Guarulhos, que ao entrar na aeronave encontrou um i-book e se apropriou como se fosse dela. O voo onde ocorreu o furto era internacional, da companhia aérea Air Canadá.

Guarda Ambiental
A Guarda Ambiental flagrou dois pontos de criação irregular de pássaros silvestres, sendo um no Vale dos Machados e outro no Jardim Marilena. Os 30 pássaros, entre eles um papagaio e dois azulões, espécie em extinção, foram apreendidos e serão encaminhados ao zoológico municipal.

Polícia Rodoviária Federal
A PRF deteve no inicio da noite desta quinta-feira (23), um condutor embriagado no km 222, da rodovia Presidente Dutra.

Polícia Militar
Já a PM realizou uma operação contra o tráfico na rua Vambês, no Jardim Ottawa, com apreensões de 38 pedras de crack, 18 trouxinhas de Haxixe, 20 pinos pequenos de Cocaína, 19 pinos grandes de Cocaína, 34 trouxinhas de Maconha, e R$ 143 em espécie.

Balanço parcial até às 19h

Pessoas fiscalizadas: 1.706
Veículos fiscalizados: 394
Veículos retidos: 39
Auto de Infração de Trânsito: 498
Termos circunstanciados de crimes de trânsito: 5
Pessoas detidas: 23
Veículo recuperado: 1
Atos infracionais (menores apreendidos): 7
Drogas apreendida: 567 gramas de cocaína/369 gramas de maconha/ 21 gramas de crack
Crime ambiental (pássaros apreendidos): 30

Reportagem: Ulisses Carvalho
Foto: Ivanildo Porto

1 Comentário neste post

  1. Henrico

    Uma vez por ano não, deveria ser feito no mínimo uma vez por semana até abaixar significamente os crimes em Guarulhos, após isso, faz a operaçao uma vez por mês, uma vez a cada 6 meses e aí sim uma vez por ano.

    Responder

Deixe seu Comentário