Polícia Federal realiza a apreensão de passageiro tentando levar drogas para Austrália

A primeira prisão foi de uma filipina, de 57 anos, que tentou embarcar para Bangkok, na Tailândia, com 3 Kg de drogas escondidos no fundo falso de uma mala. A passageira foi abordada pelos policiais federais no momento em que realizava o check-in e teve sua bagagem vistoriada. Os policiais encontraram, ocultos em fundos falsos, 18 volumes contendo substância em pó, identificada, posteriormente, nos exames periciais como cocaína.

Policiais federais, que atuam com o auxílio de cães farejadores, prenderam um brasileiro, de 28 anos de idade, tentando embarcar para Perth, na Austrália, com 3 volumes contendo quase 5 Kg de cocaína pura. Esta foi a primeira apreensão de drogas destinadas àquele país realizada neste aeroporto.

Os presos foram encaminhados aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Polícia Federal apreende mais de 100kg de cocaína

Policiais federais, em fiscalização de rotina no terminal de passageiros, abordaram um casal de venezuelanos que se encontrava na fila de embarque de voo com destino a Beirute, no Líbano, e decidiram realizar busca pessoal e revista das bagagens. Dentro das malas de ambos os passageiros foram encontrados tijolos com substância semelhante à cocaína. O casal foi conduzido à delegacia para a realização dos exames periciais. A mesma equipe de policiais ao retornar ao balcão de check-in para colher mais informações, sobre os passageiros conduzidos, notaram a presença de outro casal com as mesmas características e os selecionaram para vistoria. Novamente, na mala de ambos, foram encontrados tijolos com substância suspeita. Os exames periciais, realizados na delegacia, identificaram a substância como cocaína pura, cujo peso bruto somou quase 100 Kg, distribuídos em 96 tijolos. Todos receberam voz de prisão.

Os presos foram conduzidos aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

PF prende angolano com 2kg de cocaína

Um passageiro de voo com destino a Lisboa, em Portugal, havia despachado suas bagagens ao efetuar o check-in e, devido ao seu comportamento nervoso, passou a ser acompanhado pelos policiais federais. Os policiais solicitaram que a bagagem do homem, que havia sido despachada, fosse separada para inspeção.

A mala foi submetida ao espectômetro de massa onde foi verificada a existência de partículas de cocaína e, ao passar pelo raio-x revelou conter algo orgânico na estrutura. Foi feito um pequeno furo na lateral de onde verteu um pó branco com odor de cocaína. O passageiro, um angolano, de 27 anos de idade, que vive no Brasil desde 2008, foi conduzido à delegacia da Polícia Federal e preso após os peritos federais descobrirem mais de 2 Kg de cocaína escondidos em um fundo falso de sua mala.

O preso foi conduzido ao presídio estadual onde permanecerá à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.

PF Apreende mais de 25 kg de drogas no fim de semana

Na sexta-feira (3) foram apreendidos mais de 18 Kg de drogas e 3 pessoas foram presas. Uma passageira filipina, 36 anos, desembarcou de Bogotá na Colômbia com mais de 4 Kg de cocaína nas bagagens. A droga foi localizada por servidores da Receita Federal no interior de canetas e dentro de uma embalagem para camisa. Em outra ação, em voo com destino a Joanesburgo na África do Sul, foram presos um argentino, 29 anos, e um brasileiro. Com o argentino, abordado por policiais federais no momento em que realizava o check-in, foram encontrados, dentro de seis camisas sociais, quase 4 Kg de cocaína. Já o brasileiro, 24 anos, levava mais de 9 Kg da mesma droga dentro de 11 latas de feijoada.

Policiais militares, que atuam com o auxílio de cães farejadores, durante ronda no saguão do aeroporto, perceberam o interesse do animal pela mala carregada por uma mulher sul-africana. A mulher, 27 anos, teve seus pertences submetidos ao aparelho de raio-x que revelou a existência de substância orgânica nos forros de duas bolsas femininas. A passageira foi conduzida à delegacia da Polícia Federal para realização dos exames periciais. Ocultos nos forro das bolsas foram encontrados 4 volumes contendo mais de 1 Kg de cocaína.

Em outra ação, servidores da Receita Federal selecionaram, nos canais alfandegários, um brasileiro que desembarcou de voo procedente de Paris, na França, para inspeção e localizaram, com o auxílio do raio-x, substância orgânica oculta nas estruturas de uma de suas malas. Os policiais federais foram acionados, conduziram o passageiro para acompanhar os exames periciais em seus pertences. Na delegacia, os peritos federais localizaram mais de 6 Kg de metanfetamina oculta nas estruturas da mala.

Os presos foram conduzidos aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça, respondendo pelo crime de tráfico internacional de drogas.