Buscas por criança desaparecida no córrego em Cumbica completam 10 dias

A busca pela criança de oito anos completa 10 dias, e até o momento sem nenhuma informação. O garoto brincava no córrego na avenida Lindomar Gomes de Oliveira, na região do Jardim Cumbica, na altura do número 100, quando acabou escorregando e foi levado pela enxurrada. O Corpo de Bombeiros rapidamente iniciou as buscas, e entre as principais dificuldades no local, encontraram o grande mato e muito lixo no córrego.

A reportagem do HOJE entrou em contato com a família do garoto, que revelou sobre o último contato feito com a equipe do Corpo de Bombeiros, onde eles afirmavam que as buscas estavam se intensificando próximo a região da Ayrton Senna. A família segue procurando no próprio córrego, além do rio Baquirivu, na rodovia Hélio Smith.

Segundo moradores, uma das principais preocupações sempre foi com a falta de proteção do córrego, o mato e o lixo, o que já teria provocado outros acidentes.

Reportagem: Ulisses Carvalho

Morador afirma que córrego onde criança está desaparecida já teve outros acidentes

O córrego da avenida Lindomar Gomes de Oliveira, na região de Cumbica, já teve outros quatro acidentes, isso segundo moradores próximos ao local. A criança de oito anos, que brincava próximo ao córrego, e continua desaparecida, não seria a primeira a cair, pois o auxiliar de coleta, André Rodrigues, revelou que já houve uma morte, e de uma criança de apenas quatro anos. “Já houve outros quatro acidentes, inclusive uma criança de quatro anos morreu porque caiu no córrego”, afirmou Rodrigues.

O HOJE recebeu denúncias de que moradores já haviam realizado pedidos para realização da limpeza no local no mês de fevereiro, mas a prefeitura não se pronunciou. “Aqui é muito fácil cair, está um descaso, não possui proteção nenhuma, além da grande quantidade lixo e mato”, revelou Rodrigues.

A criança estava brincando na última sexta-feira (17), quando acabou escorregando no início do córrego e foi levado pela enxurrada. Segundo moradores, com as fortes chuvas, o córrego chegou a transbordar.

Reportagem: Ulisses Carvalho

Corpo de Bombeiros continua as buscas por garoto que caiu em córrego na região de Cumbica

As buscas que se iniciaram na última sexta-feira (17), às 16h, na avenida Lindomar Gomes Pereira, continuam na região de Cumbica. O garoto de apenas oito anos, estava brincando com um amigo, quando acabou escorregando e foi levado pela água da enxurrada. O amigo, avisou a família, que logo começaram as buscas, e segundo a família, o garoto escorregou na entrada do córrego.

Uma das pessoas que trabalha próximo ao local, e que preferiu não se identificar, revelou ao HOJE, que o córrego sofre também com a grande quantidade de lixo e mato. Os moradores teriam entrado em contato com a prefeitura em fevereiro para a limpeza do córrego, mas não foram atendidos.

Criança desaparece em córrego na região de Cumbica

O Corpo de Bombeiros procura neste momento uma criança que caiu em um córrego na avenida Lindomar Gomes de Oliveira, na altura do número 460, por volta das 16h. R.A.S, de apenas oito anos, caiu no córrego que está abandonado pela prefeitura, e segundo uma moradora do local, que preferiu não se identificar, o grande mato próximo ao córrego não é por falta de aviso, pois a prefeitura nunca realizou a limpeza do local.

“Uma das grandes dificuldades do Corpo de Bombeiros para procurar o garoto é o mato no local, que está abandonado. Em fevereiro ligamos para prefeitura reclamando, e eles não informaram absolutamente nada, e agora olha o que aconteceu”, disse uma moradora sobre o desaparecimento da criança.

Segundo a avó da criança Maria da Conceição, o menino escorregou quando estava acompanhado de um amigo. “Ele escorregou na entrada do córrego e rapidamente a água levou ele. Havia um outro menino com ele, que rapidamente avisou os moradores, mas até o momento, ele não foi encontrado”, revelou a avó Maria.

Reportagem: Ulisses Carvalho

Rua do Jardim Cumbica ganha pavimentação

A Secretaria de Obras, por meio da empresa contratada Teorema Engenharia e Construções Ltda., está trabalhando num trecho de 210 metros da rua Areial, no Jardim Cumbica.

No local, já foram concluídas as obras de drenagem e implantação de guias e sarjetas e a base para o pavimento. Faltam ainda o passeio, o binder (uma camada mais grossa de concreto) e a capa asfáltica para acabamento. A previsão de término dos trabalhos é setembro deste ano, cujo investimento foi de R$ 938 mil.