“Um grande feito exige grandes sacrifícios”. A frase que para qualquer um de nós teria apenas um efeito motivacional é uma das que mais inspira o guarulhense Andy Souza rumo a mais uma viagem repleta de grandes aventuras. No próximo dia 8 de abril, o jovem de 42 anos parte com sua BMW GS F800 rumo a Prodhoe Bay, cidade localizada em North Slope Borough, no estado americano do Alasca, uma viagem solitária que será acompanhada pelas redes sociais por familiares e amigos.

A viagem ao Alasca, que vem sendo idealizada pelo motociclista há mais de dois anos, exigiu grande organização e foco para que pudesse acontecer de forma segura: “As pessoas pensam que quem tem uma BMW e faz uma viagem como essa é rico; foram mais de dois anos e meio juntando recursos para a viagem, vendi meu carro, instrumentos musicais, o custo total de uma viagem como essa, claro, depende do bolso de cada um, no meu caso, sou uma pessoa simples, vou acampar, não pretendo ficar em hotéis caros”, conta Andy.

Professor de matemática licenciado da rede pública estadual, onde leciona na Escola Estadual Professora Alice Chuery, e baterista da banda de metal extremo Gestos Grosseiros, Andy conta que também vendeu adesivos da viagem para arrecadar fundos, e promete lembrar dos amigos que o ajudaram nos vídeos que vai produzir durante a viagem. Nesse período, é bom ficar atento à hashtag #andynaestrada.

Ao todo, Andy percorrerá um total de mais de 23 mil quilômetros até Prodhoe Bay, passando por países como Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Panamá, Costa Rica, El Salvador, Nicarágua, Honduras, Belize, Caribe, México, Estados Unidos, Canadá até chegar ao destino final. Quando voltar ao Brasil, depois de mais ou menos três meses de viagem, o odômetro de sua BMW vai marcar mais de 50 mil quilômetros. 

“Já tenho certa experiência em grandes viagens, rodei por países como Argentina, Uruguai, Peru, Chile e parte da Bolívia, além do Brasil”, explica. No entanto, o motociclista explica que a viagem que durou mais tempo levou 23 dias e um total de 12873km, quando ele foi de Guarulhos ao Ushuaia, em 2015. 

Ao contrário do turista convencional, Andy não está em busca de conhecer cidades turísticas, mas pontuou alguns lugares que deseja conhecer, como o deserto de sal e a cidade de Copacabana, na Bolívia, o Lago Titicaca, no Peru, o Marco no Equador e a cidade de San Diego, nos Estados Unidos: “Sou fã da banda Metallica e quero visitar a cidade onde, em 1992, eles gravaram um de seus álbuns emblemáticos, o Live Shit Binge & Purge”, explica animado.

Nessa viagem, Andy conta ainda com o apoio de revisão, troca de óleo e filtro da Caltabiano BMW Motorrad, de Pinheiros, nas figuras dos colaboradores Fábio e Rafael. 

Para aqueles que desejam acompanhar a viagem de Andy Souza, essas são as redes sociais: 

YouTube: Andy Na Estrada 

Facebook: www.facebook.com/andynaestrada 

Intagram: @andy_na_estrada  

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite o seu nome aqui