“Antiguidade é posto”, já dizia o antigo provérbio português, mais tarde popularizado na canção “Dona Canô”, de Caetano Veloso. O palco da Sala Adoniran Barbosa, do Centro Cultural São Paulo, prova isso com shows de dois compositores brasileiros que, somando os anos vividos, chegam a mais de um século e meio de história da música brasileira: Tom Zé, de 84 anos, e Zé Geraldo, de 75.

 

Tom Zé

Quinta-feira (4 de abril), às 21h, o baiano Tom Zé apresenta “Grande Liquidação”. O show marca os 50 anos de lançamento do seu primeiro disco, homônimo. Acompanhado dos músicos e cantores Cristina Carneiro (teclado), Daniel Maia (guitarra), Fábio Francisco Alves (bateria), Felipe Alves (contrabaixo) e Jarbas Mariz (violões), Tom canta a cidade de São Paulo, “mostrando a linda dureza de viver aqui”, segundo o compositor.

Fazem parte do repertório, músicas como “São, São Paulo”, “Curso Intensivo de Boas Maneiras” e “Sem Entrada e Sem Mais Nada”.

 

Zé Geraldo

            Sexta-feira (5 de abril), às 21h, o mineiro Zé Geraldo e banda apresentam o show “Hey Zé!”. Cantando e tocando violão, Geraldo leva seu espetáculo de rock rural ao Centro Cultural São Paulo. O repertório reúne sucessos de sua carreira, como “Cidadão, Senhorita” e “Milho aos Pombos”, além de uma versão inédita do clássico “Hey Joe”, de Jimmy Hendrix.

Fazem parte da banda que acompanha o compositor Jean Trad (guitarra), Carlito Rodrigues (baixo) e Carneiro Sandalo (bateria). Uma apresentação do Duas Casas, duo de música folk formado pelos cantores e violonistas Bezão e Nô Stopa, abre o show.

 

 

Serviço:

Tom Zé. Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa. Rua Vergueiro, 1.000. Centro. Tel.: 3862-1837. Dia 4, 21h. R$ 25

 Zé Geraldo. Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa. Rua Vergueiro, 1.000. Centro. Tel.: 3862-1837. Dia 5, 21h. R$ 25

Foto:Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite o seu nome aqui