A Virada Cultural 2019 provocou um impacto positivo de R$ 235 milhões na economia da cidade. É quase o dobro do retorno financeiro para a cidade na Virada 2018, que foi de R$ 120 milhões.

Os cálculos foram feitos pelo Observatório do Turismo, da Secretaria Municipal de Turismo. O volume financeiro deste ano foi calculado levando-se em consideração o público total presente no evento: mais de 5 milhões de pessoas. A partir daí, foi considerado o gasto médio de R$ 81 por pessoa durante o evento. No caso do turista que permaneceu na cidade durante os dois dias da Virada, o gasto médio foi maior: R$ 404.

A Virada Cultural aconteceu nos dias 18 e 19 de maio e ofereceu mais de 1.200 atrações culturais espalhadas pela capital paulista. A pesquisa foi realizada com 1.200 entrevistados que participaram do evento e o nível de confiança é de 95%.  As entrevistas foram realizadas nos principais pontos e palcos da Virada, como o Vale do Anhangabaú, Paulista Aberta e Sé.

Segundo os números levantados pelo Observatório do Turismo, 76,2% dos entrevistados são de São Paulo e os demais, de outras localidades. A maior parte mora na zona leste (30,4%), seguida da zona norte (22,1%), sul (21,2%), oeste (14,3%) e Centro (11,9%). Em relação à idade, a maior parte – 46,9% – tem entre 20 e 29 anos. A maioria do público (77%) foi de transporte coletivo para assistir as atrações (ônibus e metrô).

Mais da metade das pessoas ouvidas – 57,9% – afirmaram que a organização do evento melhorou ou melhorou muito. Apenas 5,5% consideram que a organização piorou. O público também elogiou a diversidade dos eventos, novas atrações e talentos nos espetáculos.

Foto:Rovena Rosa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite o seu comentário
Por favor digite o seu nome aqui